Sexo Deprimente

Sexo deprimente

Ela sempre veio até mim
e eu acho tão atraente
a melancolia que a compõe.
Seu jeito sutil de se aproximar
seu olhar carregado de vontade por mim.
Eu sei que ela muito me quer, sinto isso.

Tão excitante é a forma com que tira sua roupa
Afoita, apressada… sem controle de si
E eu aqui, apoiado na cabeceira de sua cama
ou até mesmo no armário do seu banheiro
Louco para ser usado, saciá-la…
ouvi-la gemer por suas sensações.

A mais prazerosa noite foi no início da semana
uma noite gostosa e entorpecente.
Letícia me usou como uma louca repetidas vezes
tomando incontáveis doses, sim
em sua boca me derretia e gemidos ela emitia
retorcendo-se diante de mim.

Mas não tenho a visto desde então
foi levada do apartamento por homens de branco
Não sei porque Letícia não resistiu
simplesmente pareceu querer ir embora
e por mais que eu pouco me importe com ela,
imagino que esta não tenha sido a devida hora.

Parecia uma necessidade febril
Letícia e Amytril.
Viciada, parecia depender de mim.
Mas agora ela foi embora
e sem ao menos dar uma nota
Letícia teve seu fim.

L.E. Farias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s